newsletter

Cadastre-se para receber nossos informativos.

anime!

Grito! surpreende a TP nos fazendo uma visitinha e distribuindo presentes.

Enviado por Redação em 02 de abril de 2009, às 18:29:16

Essa semana, a TP foi agraciada com uma visita mais do que ilustre: o pessoal da produtora Grito! Anime.

Como bons anfitriões que somos, demos toda a atenção que eles mereciam. E não é que fomos recompensados?



De forma bem descontraída, Eles nos distribuíram vários presentes e contaram novidades sobre seus novos pacotes promocionais.



Taí uma empresa que sabe fazer parceiros. Grito!, a TP também é de vocês. Entrem sem bater!

terra da felicidade

Participação especial de Christian de Saboya no Blog da TP

Enviado por Redação em 01 de abril de 2009, às 16:58:54

Christian de Saboya e Rayssa Pinheiro


A festa FELICIDADE, que comemora nossa vida, dia primeiro de agosto, claro, terá uma senhora campanha publicitária.
Inspirada na cultura da Bahia - e com Salvador e seus encantos servindo de inspiração, FELICIDADE será assinada pela TP Publicidade, uma agência que a gente a-ma - e que de cinco anos para cá tem feito nossas festas desbundar geral!
Tudo muito colorido, feliz, astral como só Salvador sabe ser... e a TP também, né?
No primeiro dia de agosto, mais de mil ao redor, uma super festa, Natal todinha feliz!!!
Vai encarar?

segundos que ficam para a eternidade

O poder da fotografia supera barreiras e pode modificar os rumos da história.

Enviado por Redação em 31 de março de 2009, às 18:39:55

Não é à toa que a fotografia seja a Oitava Arte. Os momentos que ela pode capturar, na fração de segundo correta, ganham importância estética, histórica e podem servir de marcos para o futuro.

Cientes disso, os alunos da Faculdade de Artes e Comunicação da Universidade Santa Cecília (Santos, SP) realizaram um quadro para o programa Espaço Unisanta falando sobre o tema.



Sejam locais ou universais, felizes ou não, as imagens apresentadas são impactantes e mudaram os rumos dos acontecimentos do planeta.

A produção do vídeo foi feita por Ricardo Prado. A edição é de Victor Deluke, Diego Biazzon, Léo Lestrade e Luís Henrique Villani. O programa é coordenado pela jornalista Alessandra Pereira.

Via Fotocolagem

essa briga o ceará ganhou

Renata Galiza despede-se da TP para retornar a solo fortalezense.

Enviado por Redação em 30 de março de 2009, às 17:44:13

Renata Galiza era nossa redatora-bendito-fruto desde janeiro de 2008. "Era", porque agora ela e seu inseparável companheiro Baleia retornarão ao seu país de origem (Fortaleza), elevando os níveis de testosterona de lá (por sua beleza) e daqui (porque sobraram apenas cuecas na Criação).

Aproveitando sua saída, resolvemos fazê-la pagar uma prenda, sendo entrevistada para nosso ilustre blog. As respostas, como não poderiam deixar de ser, foram curtas, grossas e competentes.

Como a própria.


Renata Galiza: "Dá carrin não, Má!"


Renata em uma palavra
Eu?

Como você descobriu a propaganda
Ela me descobriu.

O que você fez para chegar na TP?
Ralei pra carai.

O maior desafio em ser criativa
Ser criativa, ora bolas!

O que não falta na sua playlist
Tem lugar pra tudo, mas rock, rock e blues sempre! E mais um pouquinho de rock também... Nunca é demais.

Melhor coisa em ser publicitária
A dose de emoção diária (quem trabalha com deadlines e clientes malucos - não necessariamente nessa ordem - sabe muito bem como é).

Trabalho de que se orgulha
Prêmio Cultural Diário de Natal 2008.

Como é trabalhar na TP
Uma delícia!

Dica de cultura
Sei lá...meio parada nesses últimos tempos.

Considerações finais, posologia e contra-indicações
Material inflamável, use mas não abuse e, ah! Sem moderação.

Aproveitamos o ensejo para comunicar que a tp está procurando um(a) redator(a). Procuramos pessoas criativas, dinâmicas, bonitas e descoladas.

Entre em contato com a gente pelo telefone
3234.2223 (falar com Rayssa) ou pelo e-mail operacional@tponline.com.br

[ATUALIZADO]

Atendemos aqui o pedido de dezenas de milhares de leitores do blog que se questionaram sobre quem é Baleia. Renata cedeu o direito de imagem e postamos abaixo uma foto sua:

Baleia.

um brinde ao nosso sucesso

Parceria com a SICRAMIRN foi um marco para a história da TP.

Enviado por Redação em 27 de março de 2009, às 17:13:23

Com muito sucesso, é encerrada a parceria com a SICRAMIRN, 1ª licitação da TP Publicidade.

 

"Água pra beber tem que ser mineral". No último semestre você deve ter aprendido muito sobre isso. Nós da TP, também.

 

Esta semana, após 6 meses, chega ao fim a nossa parceria com o SICRAMIRN - Sindicato das Indústrias de Cerveja, Refrigerantes, Águas Minerais e Bebidas em Geral do RN.

 

Uma campanha especial e cheia de significado para a agência: foi a primeira licitação para a qual nos inscrevemos e, concorrendo com 3 outras agências, ganhamos.

 

 

A campanha em geral foi um sucesso. Foram desenvolvidos jingle, spot, VT e cartilhas educativas, distribuídas em diversos pontos do Estado. Confira algumas peças abaixo e aproveite para ver as nossas dicas sobre o consumo salutar de água que - você já sabe - pra beber tem que ser mineral.

 

uma verdadeira loja virtual

Site da Kikonashi Hoop surpreende pela ideia simples e execução eficiente.

Enviado por Redação em 26 de março de 2009, às 18:21:37


A Kikonashi Hoop é uma loja multimarcas japonesa que desenvolveu um curioso site para vendas online, com uma dinâmica impressionante.

Para simular uma loja offline, o site possui dois varais virtuais. Um, com os produtos disponíveis e outro com os produtos que o cliente deseja comprar.


Utilizando o método clique-e-arraste, você pode escolher os itens e acompanhar o preço do total. Um manual ao início explica todo o procedimento até os produtos chegarem ao consumidor final.

Uma estratégia prática, atraente e eficaz. Excelente referência do que um site necessita para ter sucesso.

por uma criação mais verde

Apresentamos Rafael Valverde, o mais novo integrante da Criação da TP.

Enviado por Redação em 23 de março de 2009, às 18:41:38

Em 16 de março desse ano, a TP ganhou seu mais novo sotaque (sim, ele fala!): o de Rafael Valverde, talentoso diretor de arte que veio reforçar a nossa ilustre Criação.

Entre um clique e outro, ele nos contou a sua trajetória e faz suas considerações sobre o seu (ainda) pouco tempo na agência. Mal sabe ele que a tendência é piorar.

Como você descobriu a propaganda
Eu realmente me envolvi mais com a propaganda na faculdade. Antes tinha experiência apenas com o design gráfico, mas a paixão mesmo foi quando fui além da arte e conheci mais profundamente os processos que envolvem a publicidade.

O que você fez para chegar na TP?
Comecei aos 15 anos, em uma pequena gráfica no interior de São Paulo, mais especificamente Bauru, trabalhando como diagramador e arte finalista; aos 20 me mudei para a capital paulista, para trabalhar em um estúdio de design gráfico, e comecei a faculdade de Desenho Industrial, que cursei apenas 1 ano. A família decidiu se mudar para o Nordeste, e caímos em Natal, onde encontrei o curso de Publicidade na UnP e me identifiquei muito com a coisa. Trabalhei um ano na agência-escola da faculdade, no seu início, passei por uma agência local como arte finalista e posteriormente diretor de arte, minha primeira na carreira, até chegar na TP.

O maior desafio em ser criativo
Achar uma solução que traga resultado, não apenas legal por ser diferente ou engraçado.

O que não falta na sua playlist
Pearl Jam, Dave Matthews Band, Beirut...e por aí vai.

Melhor coisa em ser publicitário
É um estudo constante, nada é sempre igual, novos desafios aparecem constantemente.

Trabalho de que se orgulha
Meu Trabalho de Conclusão de Curso. Foi o mais difícil que já trabalhei e o resultado valeu muito a pena.

Como é trabalhar na TP
Está sendo muito bacana, conhecer novos e grandes profissionais do mercado natalense, trabalhar com clientes com segmentos diferentes do que já trabalhei e claro, além de ser uma grande família da qual já sinto que faço parte.

Dica de cultura
Pra quem gosta de ficar em casa, a sugestão fica com a série americana Mad Men, uma trama interessante, em um cenário também muito bacana: uma agência de publicidade nos anos 50. Pra quem gosta de sair em Natal, sugiro um bom chorinho na Ribeira, toda sexta-feira, ótimo lugar pra descontrair com os amigos e escutar uma boa música.

Considerações finais, posologia e contra-indicações
Ansioso pelo que vem pela frente, nesse novo desafio que é trabalhar numa agência há tanto tempo no mercado, com uma grande história e muito potencial pra seguir crescendo. Posologia, muita informação, seja lá onde você for buscar. Contra-indicação: Ficar parado. Tem que se mexer muito pra acompanhar o ritmo hoje em dia

E é isso. Rafael, toda a TP lhe dá as boas vindas!

um show de pertinência. plágio ou não

Ação da Saatchi & Saatchi utiliza criatividade a favor do target.

Enviado por Redação em 20 de março de 2009, às 14:32:58

As obras anatomicamente perfeitas de Jenkins causam espanto a quem as aprecia

Mark Jenkins é um artista famoso desde 2003 por suas estátuas anatomicamente perfeitas, que criam a ilusão de serem pessoas com o corpo parcialmente inserido em muros, vasos, sacos de lixo e outros objetos.

Não se sabe se foi obra do próprio Jenkins ou se foi algo baseado em sua obra, mas a agência Saatchi & Saatchi realizou uma campanha para a clínica Miracle em Jacarta, Indonésia, especializada em estética. Para promover seu tratamento contra a acne, dispôs estátuas femininas em locais públicos com o rosto escondido, simbolizando a vergonha de mostrar o rosto em público. Próximo a elas, uma cartela contendo o texto: "Can't face the world?" ("Incapaz de encarar o mundo?").

"Mulheres" com o rosto inserido em paredes e bolcões. Junto a elas, a mensagem: "Incapaz de encarar o mundo?"

Plágio ou não, a ação foi uma utilização criativa de pertinência ao cliente e target. Uma maneira impactante de ter seu objetivo alcançado.

Para conhecer mais sobre o trabalho de Mark Jenkins, acesse o seu site.

"se" o quê?

SEO é a mais nova estratégia de posicionamento de sites na Web.

Enviado por Redação em 19 de março de 2009, às 17:28:14



A Internet atual é uma área, com o perdão do trocadilho, virtualmente infinita de acúmulo de informações. Grosso modo, não há nada que não possa ser encontrada na rede - De receitas de tapioca a receitas de coquetel molotov.

Nesse cenário, os sites de busca vêm ganhando cada vez mais relevância. Desde o Altavista, passando pelo moribundo Cadê? (Hoje ligado ao Yahoo! Search) e chegando ao onisciente Google, dentre tantos outros, essa páginas são ferramentas importantes para achar conteúdo sobre o assunto desejado.

Contudo, essas soluções trazem consigo um problema. Quanto mais popular um assunto é, mais páginas da Internet discorrem sobre ele. Como encontrar, o mais rápido possível, conteúdo pertinente e de qualidade? E mais: como fazer o meu site não ficar relegado à 384ª página de um site de busca?

Para os teóricos sobre a web, a solução está em assumir uma técnica simples e poderosa: a SEO.



A sigla vem do inglês, da expressão Search Optimization Engine ("Mecanismo de Otimização de Sites", traduzido literalmente) e consiste em métodos para que um site obtenha melhor posicionamento em resultados chamados de naturais ou orgânicos em sua busca.

Como todo assunto que ganha um nível de discussão acadêmico, muito vem se aprofundando sobre o tema. Já existem até duas escolas de pensamento sobre essa prática: os SEO de White Hat ("Chapéu Branco"), que usam métodos aprovados pelos sistemas de busca, como manter conteúdo relevante; e os SEO de Black Hat ("Chapéu Negro"), que utilizam técnicas como camuflagem de conteúdo dos "concorrentes" para alavancar melhores posições. Cada uma delas mantêm seus argumentos para continuar procedendo à sua maneira.

Discussões teóricas, acadêmicas e éticas à parte, o blog australiano The Marketer oferece 4 dicas importantes para algo que é essencial na busca de um site: o registro de um domínio (o nome que aparece depois do http://www). São elas:

1. Mantenha o nome de um domínio curto, mas se possível evite abreviações;
2. Mantenha-o fácil de soletrar
3. Nunca use hífens, underlines nem outros caracteres bobos
4. Compre ".com" e a extensão de seu país, isto é, ".com.au" para sites australianos. Não seja enganado comprando ".biz", ".info", ".tv" ou quaisquer outras extensões irrelevantes de domínios... isso está errado em vários níveis, especificamente SEO.

Essas dicas simples irão ajudá-lo a outras pessoas encontrarem seu website.

Para tirar outras dúvidas e se aprofundar mais sobre o tema, um bom site com conteúdo em português é o Mestre SEO.

detalhe sutil. resultado impactante

JWT chinesa executa belo trabalho para a WildAid.

Enviado por Redação em 18 de março de 2009, às 18:59:17

Pôsteres para a WildAid são divulgados com "buracos de bala"

A WildAid é uma instituição sem fins lucrativos que visa combater a prática ilegal do comércio de produtos feitos à base de partes de animais, como peles e presas. Para falar sobre o montante de de dinheiro que essa prática envolve, acionou a JWT de Xangai para produzir peças impressas e divulgar sua causa.

A execução da mensagem foi sutil e brilhante.

Pôster sobre a morte de tubarões para retirar cartilagens

Os anúncios, divulgados na China, tiveram seus displays deliberadamente destruídos como se fossem atingidos por uma bala. Na verdade, o vidro foi quebrado com uma moeda que permanecia no local do "tiro". Uma alegoria entre a morte do animal e o seu comércio.

Pôster sobre a morte de ursos para retirada de peles

De rápida absorção, as peças conseguiram atingir seu objetivo de forma simples e impactante.
« Anterior  1 ... 57  58  59  60  61  62  Próximo »

nossos clientes

Conheça nosso portfolio e nossos clientes.



arquivo

categorias

siga ::